O olhar para dentro.

Há muito aprendi a escutar o Deus que mora nos espaços entre uma respiração e outra. É no silêncio que podemos escutá-lo com o coração, com os sentidos.

Você já fez a experiência de inspirar e segurar o ar? A principio ficamos sufocados por um comando da mente para mecanicamente soltar e seguir o impulso natural. Sim, esse processo é natural e ele simplesmente acontece, independente de você desejar ou não.


Mas a intenção aqui é para experimentar quebrar a mecanicidade do ato de respirar e convidar a Consciência para presenciar este ato. São apenas alguns instantes e sentimos tantas sensações.

A pergunta é: Se ficássemos só no cheio como seria? O que nos toma no ato? Qual o conteúdo, bom ou ruim, confortável ou desconfortável? Ao expirar, sentindo este instante de vazio até a próxima inspiração? Como é se observar no vazio? Quero dizer perceber o espaço livre, em atenção plena, nos permite uma percepção diferente do silêncio, de quem somos para além do que nos permitimos saber de nós mesmos.


Pierre Weil, no seu último livro a que chamou de “A Entrega” ele revela uma descoberta que fizera no auge de sua maturidade. Após longos anos observava que não era ele quem respirava e sim a Vida que respirava através dele. Lindo, não é mesmo? A Vida é que rouba a nossa mecanicidade para nos acordar para um eterno pulsar.


Se observarmos a nossa respiração nos quatro tempos, podemos nos conhecer no instante cheio e no vazio. Como você se sente? O que acessa em cada um dos espaços? Cheio-Esvaziando-Enchendo-Cheio?. Experimente, sem julgamento, apenas se observe e se pergunte a Vida que respira através de você. Com o que venho preenchendo a minha vida? Quais as qualidades? Esse preenchimento me traz plenitude? No processo da esvaziar-se, se deixe saber, o que falta? E seguindo nesta observância de si, o que pode ser liberado que já não traz sentido à sua vida, para que estes possam ser revigorados em si?



Estamos no início de um novo ano, o que torna uma boa ocasião para dedicar algum tempo para revisar seu Projeto de Vida. O nosso corpo é o veículo de manifestação da Vida. Se aprendermos a escutá-lo, a observá-lo, de maneira plena, poderemos nos apropriar de nossa própria força interior para manifestarmos a nossa melhor versão.



Igualmente a qualquer aplicativo em nossos celulares, há sempre uma atualização a ser realizada, às vezes com grande importância, mesmo sendo um caractere a ser redimensionado.


Estamos diante de um tempo com profundos desafios, e devemos entender que a Vida, está nos convidando a olhar hoje, para O QUE e COMO estamos vivendo. Devemos nos perguntar, se a nossa história, nos preenche de alegria ou não. Se ela vem sendo uma boa semente para as futuras gerações, ou se cabe um pouco mais de GRAÇA, de LUZ, de CONSCIÊNCIA.

É possível que encontremos uma certa angústia e muita ansiedade, e até medo diante da Vida. Não se deixe ser tomado por essas emoções e sentimentos. Observe, escute os desconfortos, e deixe se descobrir se perguntando: Para onde EU quero ir? Que mundo EU posso ajudar a construir que faça mais sentido para mim e para todos?


Muitas vezes, foi “banalizado” esse chamamento para o nosso interior. Intitulados de “auto-ajuda”, ficamos com medo de sermos “boiada” e não pertencer ao chamado grupo de “intelectuais” ou profundos. Isso não é verdade. A Auto ajuda é o único caminho que pode levar qualquer um de nós a um patamar de mais amplitude de Consciência. Só não podemos crer que apenas ao ler um livro já nos coloca como despertos.



Despertar é a Vida! Todos os dias despertamos e dormimos. Despertamos como dormimos na noite anterior? Esse é o tempero, que você pode colocar em qualquer processo terapêutico com a ajuda de um profissional. Nenhum profissional, mentor, mestre pode te levar a um lugar sem que você deseje.

Experimente! Deixe a Vida respirar através de você!




O Silêncio, nos leva a nós mesmos. Existe uma Presença profunda que nos abraça, nos acalma, nos alimenta. Existe um SELF, um EU SUPERIOR em cada um de nós.


Conheça-o! Aproxime-se!


SEJA!!!


Se quiser compartilhar comigo as suas experiências e descobertas, seja bem-vindo! Estou aqui para ajudar, afinal JUNTOS, somos mais fortes.

Um grande abraço na Paz e no Amor.


Rita Camargo Psicóloga Clínica Tanatóloga

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo